Get Adobe Flash player

Lílian de Deus

Foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial da União o decreto que mais que

dobra o PIS/Cofins incidente sobre combustíveis, de R$ 0,38 para R$ 0,79 por

litro. Na projeção do governo, o reajuste nas bombas deverá ficar em 7%. Donos de

carros e motocicletas precisam preparar o bolso: se a alta for repassada na

íntegra, o litro da gasolina deverá ficar R$ 0,41 mais caro nos postos. Já o

diesel pode subir R$ 0,21 por litro, o que pode impactar, futuramente, no aumento

de tarifas do transporte público.

No caso da gasolina, para se ter uma ideia, o desembolso no posto para encher um

tanque de 45 litros subirá cerca de R$ 18. Um motorista que costumava encher um

tanque de gasolina de 45 litros por R$ 156,82, considerando o preço médio de R$

3,485 da gasolina apurado pela pesquisa semanal da Agência Nacional do Petróleo

(ANP). Com o aumento de R$ 0,41 da alíquota de PIS/Cofins, o custo para abastecer

o mesmo tanque saltará para R$ 175,25.

O anúncio de aumento nas alíquotas foi feito nesta quinta-feira e, de acordo com

o governo federal, visa a equilibrar as contas públicas. A decisão de repassar o

aumento de impostos para o consumidor depende das distribuidoras, conforme

explica o analista do setor de petróleo, Thiago Biscuola, que chama a atenção

para a rapidez do repasse ao consumidor.

— O aumento no preço dos combustíveis, em geral, costuma chegar rápido nos postos

de gasolina. Assim, o consumidor deve se organizar e aguardar elevação nos preços

já na próxima semana, com repasse total do percentual de aumento até o fim deste

mês — destaca o economista.

fonte: http://www.msn.com/pt-br/dinheiro/economia-e-negocios/

Reforma Trabalhista
Lei 13.467/2017 traz nova regra para saque do FGTS
Com a criação da “demissão consensual”, saque do FGTS tem nova regra

A Lei 13.467, de 13-7-2017, publicada no Diário Oficial desta sexta-feira, 14-7, altera a Lei 8.036/90, que dispõe sobre o FGTS.

A alteração, que passa a vigorar 120 dias contados de 14-7-2017 consiste em incluir um inciso no artigo 20 da Lei 8.036/90, que trata das situações em que a conta vinculada do FGTS é movimentada.

De acordo com a nova norma, poderá ocorrer o saque do FGTS quando o contrato de trabalho for extinto por acordo entre empregado e empregador, a chamada “demissão consensual”.

Nessa hipótese, o empregador depositará, na conta vinculada do trabalhador no FGTS, importância igual a 20% do montante de todos os depósitos realizados na conta vinculada durante a vigência do contrato de trabalho, atualizados monetariamente e acrescidos dos respectivos juros.

A Lei 13.467/2017 também determina, alterando dispositivo da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, que a extinção do contrato por acordo permite a movimentação da conta vinculada do trabalhador no FGTS, limitada até 80% do valor dos depósitos.

MEDIDA PROVISÓRIA 785, DE 6-7-2017 (DO-U DE 7-7-2017)

Fies: empregador responde solidariamente pelos valores consignados em folha de pagamento
Por meio do referido Ato, foi alterada, dentre outras, a Lei 10.260, de 12-7-2001, que dispõe sobre o Fies – Fundo de Financiamento Estudantil, para estabelecer que os financiamentos concedidos a partir do primeiro semestre de 2018 observarão, entre outras disposições, que o saldo devedor remanescente do financiamento será quitado, após a conclusão do curso, em prestações mensais, descontadas na folha de pagamento de salários, e que o empregador responderá como devedor solidário exclusivamente pelos valores consignados em folha do pagamento que deixar de reter ou repassar à instituição consignatária.

NESTA SEMANA FUNCIONAREMOS DIAS 12/06 (SEGUNDA-FEIRA),13/06 TERÇA- FEIRA E 14/06 (QUARTA-FEIRA) NO HORARIO DE 08:00 ÀS 11:30 E 12:30 ÀS 17:30. NÃO TEREMOS EXPEDIENTE NOS DIAS 15/06 (QUINTA-FEIRA) E 16/06 (SEXTA-FEIRA).

17/09/2014 08:00 | InfoMoney Informação que vale dinheiro

Por mais simples que sejam, algumas dicas podem ajudar qualquer um quando o assunto é dinheiro. No site norte-americano de perguntas Quora, o consultor de serviços financeiros Christopher Pollock citou algumas premissas sobre finanças pessoais que todos deveriam saber. Conheça abaixo algumas delas:

1.Gaste menos do que ganhe – Conceito bastante simples, mas muitos ainda gastam mais do que podem e acabam se endividados.

2.Torne seu gasto um investimento – Até mesmo uma viagem à Disneylândia é um investimento, se pensar em sua felicidade pessoal. Em outras palavras, sempre gaste seu dinheiro (seja em qualquer valor) com um propósito.

3. Sempre expanda seu conhecimento sobre escolhas financeiras – Independente de sua escolaridade, você certamente não aprendeu tudo sobre finanças pessoais. Nunca pare de se informar, continue aprendendo.

4. Não dê ouvidos a falsos profetas – Assim como estar em constante aprendizagem é fundamental para colocar as finanças em dia, não baseie seus objetivos – e como chegar neles – em conselhos de qualquer pessoa, inclusive de familiares e amigos. Em vez disso, ouça profissionais especializados no assunto ou em quem você conheça e confie na área profissional, e não pessoal.

5. Se prepare para a aposentadoria, não dependa do seu empregador – Ainda que importante, poucas pessoas seguem esta regra. Não conte apenas com o INSS pago pela empresa para garantir seu futuro. Planeje sua aposentadoria, guarde dinheiro e invista-o.

6. Cuide de sua saúde – Coma alimentos saudáveis, pratique exercícios físicos e durma oito horas por dia. Essas são regras básicas para ser mais produtivo e saudável.

7. Esteja perto de pessoas que amam você e de quem você ama – Não conviva com pessoas que querem o seu mal ou que sejam muito pessimistas.

Momento econômico explica busca por profissionais capazes de aumentar vendas, controlar custos e melhorar a eficiência das operações

por O Globo

RIO — A empresa de recrutamento Robert Half mapeou as carreiras com maior demanda em sete diferentes áreas este ano. De acordo com o levantamento, os cargos em alta são: gerente contábil, gerente de riscos, gerente de vendas, gerente de marketing, engenheiro de vendas, gerente comercial/novos negócios e advogado sênior especializado em consultivo tributário.

O aumento na demanda por estes cargos, segundo Fernando Mantovani, diretor de operações da Robert Half no Brasil, pode ser explicado em função do momento econômico do país.

— Em cenários menos favoráveis, a regra é alavancar vendas, controlar custos e melhorar a eficiência das operações — aponta o executivo.

Confira, a seguir, a lista dos profissionais mais procurados em cada área e os motivos para o aquecimento na demanda:

Finanças e Contabilidade: gerente contábil

— O mercado de finanças e contabilidade sofre com uma contínua escassez de profissionais que tenham conhecimentos em inglês e perfil “parceiro do negócio”.

Perfil esperado dos profissionais: formação em contabilidade, com CRC ativo, inglês fluente, atualizado com as normas contábeis brasileiras e internacionais, que seja capaz de entender e influenciar o negócio e que tenha boa comunicação.

Mercado Financeiro: gerente de riscos (mercado, crédito, liquidez, operacional)

— Os bancos têm se readequado às novas legislações e às regulações do Banco Central. Para isto, a demanda em áreas de controles, compliance e risco está aquecida.

Perfil esperado dos profissionais: formação em cursos como administração, economia e engenharia, Profissionais analíticos, com perfil organizado e de processos. Inglês fluente é mandatório.

Vendas: gerente de vendas

— O momento econômico tem forçado as empresas a apostar na força de vendas para alavancar os resultados e a rentabilidade. A profissionalização de alguns setores, especialmente os relacionados a serviços, vem impactando ainda mais a demanda na área de vendas das empresas.

Perfil esperado dos profissionais: consultivo, com foco na necessidade do cliente e visão global de negócios. O nível da formação acaba ficando em segundo plano e a experiência conta, principalmente, quando se trata de produtos e serviços específicos e relacionamento prévio com clientes-chave.

Marketing: gerente de marketing

— A área de marketing vem passando por um momento de reestruturação nos últimos semestres. As organizações optaram por estruturas mais enxutas, ganho de sinergia e agrupamento de mais responsabilidades sob equipes menores. O gerente de marketing com experiência e visão de negócios é mais valorizado nesse cenário.

Perfil esperado dos profissionais: formação em faculdades de primeira linha, experiência internacional e línguas são valorizadas, principalmente em empresas globais.

Engenharia: engenheiro de vendas

— O engenheiro consultivo e integrado ao negócio vem sendo cada vez mais demandado em diferentes indústrias, principalmente quando se trata da área comercial técnica. A indústria dá preferência a contratar engenheiros nas áreas comerciais, pois a formação técnica permite que ele entenda a necessidade do cliente de forma específica para propor soluções completas.

Perfil esperado dos profissionais: Além dos conhecimentos técnicos, as empresas valorizam cada vez mais habilidades como comunicação, visão estratégica, negociação e relacionamento interpessoal. Inglês fluente continua a ser uma exigência para muitos cargos. Formação em faculdades renomadas é um diferencial.

Seguros: gerente comercial/novos negócios

— Com a profissionalização e o desenvolvimento da indústria de seguros e resseguros no país, cresceu a demanda por foco em desenvolvimento de relacionamento em novas contas.

Perfil esperado dos profissionais: capacidade de conquistar novos clientes para aumentar a carteira, além de experiência e habilidade estratégica para identificar as melhores oportunidades no mercado.

Jurídico: advogado sênior especializado em consultivo tributário

— Com o aumento da preocupação das empresas em desenvolver planejamentos tributários que possibilitem economia financeira, cresce a demanda por advogados com conhecimento na área.

Perfil esperado dos profissionais: tanto para empresas, quanto para escritórios, os profissionais devem ter formação de primeira linha, especialmente em direito e contabilidade. Para os escritórios é essencial a formação jurídica e, para empresas, dependendo do escopo, apenas o contábil supre as necessidades, mas o profissional mais valorizado é o que possui as duas formações. É valorizada a experiência pregressa em empresas de auditoria.

 

Memorial Dodevan

Para facilitar a adequação das companhias ao eSocial – projeto que vai unificar o envio de informações pelo empregador em relação aos seus empregados – o Governo Federal lançou no dia 27 de dezembro de 2013 uma nova versão do manual de orientação do eSocial com modificações consideráveis. Em relação a versão anterior alguns arquivos foram eliminados e outros incluídos, além de alteração nos campos. Assim, serão agora 44 arquivos, somando 1.675 campos que deverão ser preenchidos pelas empresas.

Um estudo realizado pelo Grupo Employer, especializado em soluções para o RH, revela que para se adequar as exigências será necessário o esforço de diferentes setores da companhia, e não apenas do Recursos Humanos, como muitos imaginam.

O levantamento revela que o RH, de fato, fica no topo da lista das responsabilidades, com 53% dos esforços centralizados neste setor. No entanto, o departamento Financeiro será responsável por 19% dos dados necessários, enquanto a área de Cadastro (um departamento ou pessoas que realizam a inclusão dos dados cadastrais da empresa ou de novas empresas) deve concentrar 9% dos esforços de trabalho. Os departamentos Contábil/Fiscal (8%), Medicina do Trabalho (6%) e Jurídico (5%) também deverão participar.

Calendário oficial de feriados em 2014

Diário Oficial da União, estabelece o calendário oficial de feriados   para os órgãos e entidades da Administração Pública Federal direta,   autárquica e fundacional do Poder Executivo, sem prejuízo da prestação   dos serviços considerados essenciais.
          As demais datas, este ano, serão em fins de semana. A portaria não   estabelece se nos dias dos jogos da Copa do Mundo, entre 12 de junho e   13 de julho, em 11 capitais e no Distrito Federal, os expedientes serão   suspensos.

São feriados nacionais, em 2014, as seguintes datas:

1º de janeiro – Confraternização Universal (quarta-feira)          

18 de abril – Paixão de Cristo (sexta-feira)          

21 de abril – Tiradentes (segunda-feira)          

1º de maio – Dia do Trabalho (quinta-feira)          

7 de setembro – Dia da Independência (domingo)          

12 de outubro – Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil (domingo)          

2 de novembro – Dia de Finados (domingo)          

15 de novembro – Proclamação da República (sábado)          

25 de dezembro – Natal (quinta-feira)

São considerados pontos facultativos os dias:

3 de março – segunda-feira de carnaval          

4 de março – terça-feira de carnaval          

5 de março – Quarta-Feira de Cinzas (até as 14h)          

19 de junho – Corpus Christi (quinta-feira)          

28 de outubro – Dia do Servidor Público (terça-feira)          

24 de dezembro – véspera da Natal (a partir das 14h)          

31 de dezembro – véspera de Ano-Novo (a partir das 14h)

          Além desses, as datas comemorativas de credos e religiões, de caráter   local ou regional, podem ser respeitadas, mediante autorização da chefia   imediata do trabalho do servidor, para posterior compensação. Caberão   aos dirigentes dos órgãos e entidades a preservação e o funcionamento   dos serviços essenciais afetos às respectivas áreas de competência.

 

Informamos que não haverá expediente nos seguintes dias:

  • 24 e 25/12 (terça e quarta-feira) e;
  • 30, 31/12 e 01/01/2014 (segunda a quarta).